Halloween do Bing, uma homenagem ao terror.

Halloween Bing

fonte imagem: bing.com.br

Ao que tudo indica o Bing começou mesmo sua jornada em busca de uma parcela da fatia no mercado de buscas, atualmente dominada pelo sistema de Buscas do Google. Hoje (31/10) a imagem tema que fica na página inicial do Bing veio homenagear o Halloween. E bem, pelo menos em relação as brincadeiras sazonais que já são oferecidas à algum tempo pelos Doodles do Google, eles já conseguiram surpreender.

Uma homenagem ao Halloween com muito terror

Aos que puderem conferir, segue o link para esta brincadeira que o Bing está promovendo para o Halloween. Hoje, a imagem  que sempre ilustra a home do sistema de busca veio de forma interativa e mostrando cenas marcantes de grandes filmes de Terror. Entre os vários títulos, foram representados os filmes:

  • Psicose (1960)
  • Sexta-Feira 13 (1980)
  • O Iluminado (1980)
  • Terror em Amityville (1979)
  • Halloween – A Noite do Terror (1978)

Imergido em um cenário obscuro e de terror animações são iniciadas após a interação do usuário. Ao fim da animação surge um botão que leva à busca com informações sobre cada Filme.

Esperamos que esta concorrência saudável nos traga todos os dias grandes novidades e boas surpresas.

A DialHost possui Hospedagem de site com DataCenter próprio. Veja e assine o plano de hospedagem que melhor atende suas necessidades

Felipe Moraes
Felipe Moraes

Desde pequeno eu adorei tecnologia e este sentimento me fez estudar e trabalhar com desenvolvimento, design de interfaces e interação. Esta vontade de melhorar e aprender com a tecnologia me fez estar aqui na DialHost desde 2012.

Otimizando uma página para o Google In-depth articles

Imagem: resultados do Google In-Depth articles

Resultados do Google In-Depth

Em agosto postei um artigo sobre o Google in-depth articles, um novo sistema que pretende dar maior destaque às páginas que possuem mais aprofundamento sobre determinado assunto. Bem, o sistema ainda não está totalmente implementado e será liberado gradualmente, iniciando por territórios de idioma inglês.

Mas como adotar boas práticas para ficar bem ranqueado no Google in-depth articles? Deixo aqui alguns passos que podem ajudar a deixar o seu assunto no topo da cadeia de buscas. Mas claro que tudo isso deve ser trabalhado dentro de uma quantidade de conteúdo realmente relevante e aprofundada sobre determinado assunto, sendo assim, não se aplica para estratégias de marketing que têm como objetivo divulgar algo de forma superficial.

Esquema de Artigos da Schema.org

Boas práticas para formatar seu conteúdo estão documentadas no link http://schema.org/Article. As marcações ajudam os algorítimos do Google a entender suas páginas. Dentre estas marcações destacam-se:

  • Uso de cabeçalho para introduzir o seu artigo, como o título. (headline).
  • Um cabeçalho alternativo com um subtítulo. (alternativeHeadline).
  • Utilize imagens e permita que suas imagens estejam indexáveis.  (image).
  • Descreva brevemente sobre o que você está falando. Defina um resumo do assunto abordado. (description).
  • Defina data de publicação. (datePublished).
  • Por fim coloque seu artigo completo. (articleBody).

Ao lado de cada descrição coloquei a marcação que deve ser utilizada em seu HTML. Vamos a um exemplo prático para isso.

<html>
<head>
	<title>Teste com Schema.org</title>
</head>
<body>
<main itemscope itemtype="http://schema.org/Article">
	<header>
		<h1 itemprop="headline">Colocando meu artigo no Schema.org</h1>
		<div itemprop="author">Felipe Moraes de Vasconcelos</div>
		<div itemprop="datePublished">28/10/2013</div>
	</header>
	<article itemprop="articleBody">
		<img itemprop="image" src="http://searchengineland.com/figz/wp-content/seloads/2012/02/schema-org1.jpeg">
		<p>Os itemprop são utilizados para definir valores semânticos ao conteúdo do seu artigo. Eles ajudam a mostrar 
aos mecanismos de busca que tipo de conteúdo está sendo utilizado realmente pelo criador do conteúdo.</p>
	</article>
</main>
</body>
</html>

A primeira coisa a se fazer é definir qual escopo de formatação você está utilizando através do itemscope itemtype. O schema.org definiu vários tipos de formatações para cada caso. Caso queira ver outras formatações confira aqui

Depois disto, vamos utilizando as microdatas através da propriedade itemprop para definir a semântica do seu artigo. Estas formatações vêm para dar maior sentido ao conteúdo HTML. A utilização do HTML5 para o artigo também é bem-vinda, marcações como <article><header> e etc. possuem melhor significado semântico que <div> e com isso ajudam os mecanismos na indexação.

Marcação Authorship

Esta marcação ajuda os mecanismos a achar um autor real e relevante. Assim, ele também será linkado em resultados de busca. Para configurar o Authorship, primeiro é necessário ter uma conta no Google+ com uma foto do autor. Então linka-se o conteúdo ao perfil do Google+ através de um e-mail verificado ou através de um link para o Google+ dentro do seu artigo. Veja com mais detalhes aqui

Declaração de Paginação

Algumas publicações exigem mais que uma simples página HTML e com isso elas são distribuídas em partes de HTML separadas. Identifique a continuação do artigo através da tag <link rel=”[next/prev]”> declarando o HTML que continua sua publicação.

<html>
<head>
	<title>Teste com Paginação</title>
	<link rel="next" type="text/html" href="http://www.exemplo.com.br/artigo-part2.html">
</head>
<body></body>
</html>

Em páginas com conteúdo semelhante também é importante declarar um link informando as outras páginas que possuem este conteúdo. Exemplo: páginas que mostram determinados produtos onde a única diferença está na ordenação dos mesmos. Enquanto uma mostra em ordem alfabética a outra mostra do mais barato para o mais caro. Neste caso “linke” a página principal com o termo , para os buscadores a identificarem como um conteúdo original e não 2 conteúdos idênticos.

http://www.exemplo.com.br/produtos.php?order=nome
http://www.exemplo.com.br/produtos.php?order=preco

<html>
<head>
 <title>Teste Canonical</title>
 <link rel="canonical" type="text/html" href="http://www.exemplo.com.br/produtos.php">
</head>
<body></body>
</html>

Identifique sua marca

As pessoas procuram por segurança em determinado conteúdo. Ajude o Google a identificar sua marca “linkando” sua marca ao Google+ ou usando a marcação “organization” do Schema.org.

<div itemscope itemtype="http://schema.org/Organization">
  <a itemprop="url" href="http://www.exemplo.com.br/">Home</a>
  <img itemprop="logo" src="http://www.exemplo.com.br/logo.png" />
</div>

Nunca mantenha seu conteúdo restrito

Páginas que necessitem de senhas e cadastros para serem acessadas não poderão ser indexadas pois as ferramentas de busca não consegue acesso.

Conclusão

Como podemos ver a otimização envolve muito da utilização de microdatas, mas o mais importante para se obter um bom rankeamento no Google In-depth article, é a criação de um conteúdo relevante e realmente aprofundado sobre determinados assuntos. Algumas dessas dicas também acabam se aplicando em buscas comuns já que o In-Depth é apenas um bloco de busca dentro do algorítimo geral do Google.

Espero que tenha ajudado e espero por mais sugestões de posts.

Conheça os servidores dedicados DialHost. Alto desempenho com DataCenter no Brasil

Felipe Moraes
Felipe Moraes

Desde pequeno eu adorei tecnologia e este sentimento me fez estudar e trabalhar com desenvolvimento, design de interfaces e interação. Esta vontade de melhorar e aprender com a tecnologia me fez estar aqui na DialHost desde 2012.

Novo Bing espelha muito mais que uma nova marca

Novo Bing

Imagem retirada de bing.com/explore/newbing)

O lançamento da nova marca do Bing, anunciada ontem (17 de setembro) – confira o site oficial, espelha muito mais que apenas uma nova marca. Este desenho traz um novo conceito e uma evolução de Branding da Microsoft, com uma postura mais forte e integrada.

O produto de pesquisas da Microsoft e concorrente da gigante das buscas Google está passando por grandes reformulações. Dentre elas a sua própria identidade visual que agora integra o conjunto de marcas dos produtos Microsoft: Windows, Office, XBOX, Windows Phone e etc. Mas muito mais do que uma simples alteração no desenho de forma a conversar e dar unidade ao restante dos produtos, o produto traz consigo grandes mudanças no sistema envolvendo a gestão do conhecimento, interação com a informação e integração de plataformas.

Mas o que alterou no Bing?

A ferramenta se propõe a fazer buscas de uma forma diferente, muito além da caixa de busca. Agora ele possui busca integrada e Apps únicos para Windows, Windows Phone e XBOX, incorporação de informações como imagens e mapas em documentos do Office, recurso de apps de notícias, ações, esportes, Clima, Tradutor instantâneo com reconhecimento de imagens e etc.

“Bing está se tornando a fonte principal de informações de todos os nossos produtos, e é natural que o nosso visual reflita isto. Nós criamos o desenho Searchlight em torno de nosso novo logo para representar a energia e movimento entre experiências.”

Aplicativo de Culinária do Bing, para Windows, rodando no Surface

Aplicativo de Culinária, para Windows. (em bing.com/explore/newbing)

E a nova Marca?

É claro a marca também se alterou trazendo a fonte padronizada da Microsoft, a Segoe, e  uma paleta de cores ousada. A nova marca mantém a proposta de se apresentar junto às imagens inspiradoras. Isto é defendido como parte de sua personalidade e adiciona elementos gráficos que transmitem a energia e movimento da ferramenta.

Marca Bing

Marca Bing. ( Fonte: bing.com/explore/newbing)

Aplicação Gráfica do Símbolo do Bing.

Aplicação Gráfica do Símbolod o Bing. ( fonte: bing.com/explore/newbing)

Conclusão

O paragrafo acima representa bem a proposta de mudança que o Bing irá tomar. Podemos dizer que estas mudanças envolvem uma proposta de Branding completa que trabalha a experiência dos seus usuários diretos e indiretos, já que agora o sistema se torna uma ferramenta maior se mesclando junto ao Office, XBOX e Windows.

Será que com essa nova proposta a Microsoft consegue melhorar seu posicionamento no mercado de buscas e diminuir um pouco a soberania da até então inalcançável Google? Deixem seus comentários sobre o que vocês pensam sobre este assunto.

Referências

Felipe Moraes
Felipe Moraes

Desde pequeno eu adorei tecnologia e este sentimento me fez estudar e trabalhar com desenvolvimento, design de interfaces e interação. Esta vontade de melhorar e aprender com a tecnologia me fez estar aqui na DialHost desde 2012.

Google in-depth article, a busca por conteúdos aprofundados

resultados google in-depth article

Imagem dos resultado no google in-depth article

Desde o início de suas operações, o sistema de buscas da Google procura organizar toda a informação da internet e retornar resultados com conteúdo relevante, baseado em buscas por palavras chaves. Através de uma lógica complexa e um banco de dados gigantesco a empresa trabalha por uma web mais semântica, onde dentro deste vasto mundo de informações digitais, nós usuários podemos achar o que desejamos sem ter que passar horas buscando através de links e mais links.

Sei que o que eu falei acima não é tanta novidade, mas introduz o novo sistema in-depth article, que a Google vem implementando gradualmente nas suas buscas. Este novo sistema pretende dar maior destaque às páginas que possuem mais aprofundamento sobre determinado assunto. Assim, mesmo páginas mais desconhecidas podem aparecer na frente em resultados de buscas, por terem um conteúdo mais aprofundado.

Mas não se preocupem esta área será diferenciada pelo título, até então em inglês “in-Depth articles”. Este bloco que será mostrado como o já conhecido bloco de vídeos e apenas em algumas buscas por termos amplos.

O objetivo desta opção é facilitar o acesso à conteúdos que são muito bem aprofundados, mas que já não apresentam um rankeamento alto por não serem mais tão recentes e populares, dentre outros fatores avaliados pela Google nos resultados convencionais.

O in-depth article ainda não está completamente implementado e só funciona em buscas pelo google.com (em inglês), mas a ferramenta terá implementação gradual. No Blog oficial de desenvolvedores, eles indicam práticas para implementar no seu código html que ajudam o algoritmo de busca a encontrar um artigo in-depth (veja o artigo sobre in-depth search)

 

Referências:

Conheça os servidores dedicados DialHost. Alto desempenho com DataCenter no Brasil

 

Felipe Moraes
Felipe Moraes

Desde pequeno eu adorei tecnologia e este sentimento me fez estudar e trabalhar com desenvolvimento, design de interfaces e interação. Esta vontade de melhorar e aprender com a tecnologia me fez estar aqui na DialHost desde 2012.

E-mail Marketing alavancando seus resultados de SEO

Ilustração - Seo e E-mail Marketing

Ilustração – Seo e E-mail Marketing

A otimização do SEO de um site é uma tarefa intensa e envolve vários fatores. Mais que otimizar as tags ou o desempenho de um site, o SEO envolve conteúdo e a popularidade que este conteúdo gera aos seus usuários. Ou seja, quanto mais pessoas acessarem determinada página vindo das pesquisas maior sua chance de aparecer no topo da lista dos resultados. Bem, aí que entra a utilização de estratégias de Marketing responsáveis por promover suas páginas melhorando então, a popularidade das mesmas. Dentre estas estratégias falarei sobre o e-mail marketing.

Não vou dizer que esta é a única estratégia que pode ser utilizada para cativar um usuário a acessar o suas páginas, mas hoje o e-mail marketing é considerado um dos canais mais importantes para complementar a interação com um site. Em pesquisa divulgada pela Multichannel Merchant (veja mais), em junho de 2012, é possível ver que ele alcança uma pontuação de 8.32, em uma escala de 1-10, de importância nas estratégias online. Além disso o e-mail, juntamente com o trabalho de SEO, são considerados os canais com maior taxa de retorno.

grafico-mail-marketing

Grafico sobre a importância dos canais na estratégia online. fonte: ecommercenews.com.br

E-mail marketing para aumentar a sua popularidade

Tudo bem que o e-mail marketing é uma ótima estratégia para vendas e etc., mas como utilizá-lo de forma a melhorar meu SEO? Simples, o e-mail marketing tem como função principal passar um conteúdo interessante ao seu usuário ou cliente e levá-lo ao seu site e assim, aumentar o tráfego e popularidade de suas páginas.

Mas ao criar novas campanhas de e-mail não pense apenas em e-mail marketing que ofereçam vendas diretas. Crie conteúdo interessante, como newsletter com novidades. Nem sempre o seu cliente está querendo comprar naquele momento, mas possivelmente ele vai querer ler sobre determinado assunto de seu interesse. E quando surgir a necessidade de comprar algo o seu site tem grandes chances de estar na lista de onde comprar.

Deixe também o histórico de suas mensagens disponíveis para qualquer pessoa. Esta prática aumenta o seu conteúdo indexável e novos usuários terão um prévia do conteúdo que irão receber através do e-mail, melhorando a credibilidade na hora de se cadastrarem.

Referências:

 

Crie e envie e-mail marketing com DialMailer e conquiste mais usuários para o seu site.

Felipe Moraes
Felipe Moraes

Desde pequeno eu adorei tecnologia e este sentimento me fez estudar e trabalhar com desenvolvimento, design de interfaces e interação. Esta vontade de melhorar e aprender com a tecnologia me fez estar aqui na DialHost desde 2012.